Estudo da Relação entre PHDA e SPC baseado em Revisão de Literatura

Vanessa Fonseca Pinto1, Pedro Santos2

1Médica Interna de Psiquiatria da Infância e da Adolescência, Hospital Pediátrico de Coimbra 2Médico Interna de Psiquiatria da Infância e da Adolescência, Hospital Pediátrico de Coimbra

Abstract: A Perturbação de Hiperatividade e défice de atenção (PHDA) e o Síndrome Pós Concussional (SPC) são dois fenómenos médicos interligados e com aumento em diagnóstico nas últimas décadas.
Estudos mostram que pacientes com diagnóstico de PHDA tem maior propensão a sofrerem acidentes, com aumento da probabilidade de apresentação de SPC.


Por outro lado, sabe-se que sintomas presentes num quadro de SPC, tais como défices a nível da memória de trabalho, da atenção e da concentração, se sobrepõem a sintomas de PHDA.


O presente estudo baseia-se numa extensa revisão de artigos e pretende analisar os factores implicados na severidade dos sintomas e no tempo de recuperação do SPC, assim como suas implicaçoes a nivel do tratamento, nomeadamente a relação entre o uso de psicoestimulantes e a recuperação nos sintomas de SPC.


A literatura sustenta que factores como a idade, género, antecedentes de PHDA, perturbações do humor e dificuldades de aprendizagem influenciam tanto a nível da severidade dos sintomas e do tempo de recuperação, como a nível do diagnóstico e abordagem de SPC.

Simpósio PHDA

Há 7 anos a criar uma verdadeira comunidade de PHDA em Portugal debatendo as suas questões.

Contactos

geral(@)simposio-phda.pt
+351 963 010 262
Hospital Pediátrico de Coimbra

7º Simpósio PHDA em:

BID lab

BID lab

Contactos

  • +351 915 078 881
  • +351 963 010 262
  • geral@bid-lab.com
  • © 2016 Simpósio PHDA. All Rights Reserved. Designed By BID-lab